AVIVA, SENHOR, A TUA OBRA NO MEIO DOS ANOS 2

AVIVA, SENHOR, A TUA OBRA NO MEIO DOS ANOS

Este foi o texto tema de nossa celebração de aniversário. Quero tratar um pouco mais diretamente sobre ele.

Habacuque foi um profeta contemporâneo de Jeremias. Ambos profetizaram contra a nação de Judá. Esta nação estava vivendo no pecado a partir do rei, conforme lemos em Jeremias 22.17: ‘Os teus olhos e o teu coração atentam senão para a tua ganância, e para derramar sangue inocente, e para levar a efeito a violência e a extorsão’.

O profeta pergunta a Deus até quando ele vai suportar tamanha iniquidade. É interessante que esta profecia não é uma palavra diretamente contra Judá, mas uma conversa entre Habacuque e Deus, uma oração e um desabafo.

Deus lhe responde que o juízo virá através dos Caldeus (como realmente aconteceu com a invasão de Nabucodonosor, rei da Babilônia. Habacuque se assusta com a resposta, pois ele conhecia a truculência dos babilônicos. Neste contexto ele ora e pede a Deus: Aviva Senhor a Tua obra no meio dos anos, no meio dos anos faze-a conhecida; na Tua ira, lembra-te da misericórdia.

No meio dos anos era o tempo presente em que o profeta estava vivendo.

Aplicando à nossa vida, podemos também fazer esta oração. Sim porque no meio dos anos, muitas vezes, a nossa fé está enfraquecida, acomodada em consequência das situações pelas quais passamos, por problemas difíceis enfrentados, por frustrações espirituais em que parece que Deus nos esqueceu.

Só se aviva o que está se apagando ou apagado. Avivar, portanto é restaurar, tornar a acender a chama que já foi viva, mas que está se apagando. Este pode ser o retrato de muitas vidas entre nós.

Quantos que começaram bem, mas hoje, por motivos diversos, estão acomodados, desanimados.

Deus respondeu a oração de Habacuque de um modo que ele não esperava. Deus sabia o que era melhor para Judá e assim fez.

Deus nos colocou neste mundo e no ambiente onde estamos com um propósito: sermos instrumentos de transformação. Lembre-se do que Mardoqueu disse à rainha Ester quando os judeus estavam sob ameaça de serem todos mortos: Quem sabe se para um tempo como este foste colocada neste reino.

A obra do Senhor em nós é a grande salvação que nos deu. Paulo diz: Aquele que começou em vós a boa obra há de aperfeiçoá-la até o dia de Cristo (Filipenses 1:6).

Aviva Senhor a tua obra na minha vida no meio dos anos. Seja esta a nossa oração.

No amor de Cristo
Pr. Tomaz Munguba

%d blogueiros gostam disto: