IEBJP

Movidos Pela Graça – Para alcançar os Excluídos Sociais

Movidos Pela Graça – Para alcançar os Excluídos Sociais

Em nossa sociedade, o coloca-se no lugar do outro parece algo cada vez menos praticado. Em sua trajetória na terra, Jesus mostrou inúmeros atos de misericórdia e, durante o Sermão da Montanha, Ele nos alertou de que os misericordiosos alcançarão misericórdia. Veja estes dados com nossos maiores desafios para os excluídos sociais:

1) 9,7 MILHÕES é o número de surdos

– Em 2017, 96 IGREJAS foram mobilizadas para o alcance dos surdos da nossa nação além de conhecerem sobre a Igreja em Libras;
– Missões Nacionais tem como objetivo capacitar 2.500 NOVOS LÍDERES para a Evangelização Discipuladora dos Surdos até 2020;
– 14 SURDOS foram batizados em projetos da Igreja em Libras no ano de 2017.

2) O Brasil tem a terceira maior população carcerária do mundo

– São 726.712 presos para 368.049 vagas no sistema prisional;
– Em um presídio no Paraná, um interno que está estudando teologia (EAD pela Faculdade Batista do Paraná) batizou 15 internos dentro da unidade prisional.

3) No Brasil mais de 100 MIL PESSOAS estão vivendo nas ruas

– 9% DOS ADOLESCENTES no 9º ano já usaram alguma droga ilícita;

As Cristolândias realizaram 139.106 atendimentos nas Missões durante 2017, incluindo banho, troca de roupa.

Por meio do PROJETO GRÃO DE MOSTARDA, voluntários de todo o país podem discipular presidiários por intermédio da comunicação por cartas;

– A Cristolândia trabalha para recuperação e na assistência a dependentes químicos buscando a transformação de vida por meio do evangelho de Cristo para que se tornem livres da dependência química e aptos à reinserção.

É com misericórdia que somos movidos até as Cracolândias, onde estão usuários de drogas escravos de seus vícios, vamos até os presídios, onde homens e mulheres procuram liberdade apesar das grades, e que chegamos aos surdos, muitas vezes isolados mesmo no ambiente familiar.

Porém não é apenas com o alimento, o abraço e a atenção que vamos até eles. Apesar de nos sentirmos impelidos a fazer algo para mudar a situação social em que esses grupos se encontram, queremos que eles conheçam o que realmente pode transformar: a graça de Deus.

É na sarjeta, no isolamento ou atrás das grades; por fala, por carta ou em libras, que pessoas que foram excluídas pela sociedade têm descoberto que são aceitas por Cristo – e também por nós, seguidores daquele que não faz acepção de pessoas.

Deus nos chama para fora de nossa casa e igreja para ir ao encontro daqueles que a sociedade já não enxerga, mas que são alvo da graça. Que sejamos movidos por essa graça para olhar com misericórdia e amor os que estão perdidos sem Cristo.

Adaptado da Revista do Pastor
Campanha 2018 da JMN – Movidos pela Graça.

Fechar Menu
%d blogueiros gostam disto: