arrow_drop_down
Um chamado à fidelidade

Um chamado à fidelidade

As crises são instrumentos para provar a nossa fé. Elas tendem a expor a essência do que somos. A Bíblia nos ensina que algumas coisas, ao serem provadas são consumidas, não sobra nada; outras são purificadas e se tornam melhores do que antes. (1Co 3:12-15).

Você sempre ouviu o pastor dizer nos cultos: “agora vamos trazer nossos dízimos e ofertas a Deus como um ato de adoração”.

Agora, estamos passando por uma situação que nunca tivemos antes, impedidos de nos reunir coletivamente em nossos cultos de comunhão e adoração. Muitos estão amedrontados com o futuro, seja pelos riscos à saúde ou pelas perspectivas sombrias para a economia.

Mesmo sem nos reunirmos as despesas da igreja continuam, assim como o sustento dos missionários, obreiros e congregações. Vamos trazer à memória o que Paulo expôs em sua segunda carta aos Coríntios:

“Vocês serão enriquecidos de todas as formas, para que possam ser generosos em qualquer ocasião e, por nosso intermédio, a sua generosidade resulte em ação de graças a Deus” (2 Coríntios 9:11).

Esta promessa também surgiu em um contexto de crise. O apóstolo Paulo estava levantando uma oferta para os cristãos de Jerusalém que estavam passado por tempos muito difíceis.  

Ao estimular a igreja de Corinto a participar dessa oferta, o Apóstolo Paulo citou também o exemplo das igrejas da Macedônia (como os Filipenses, por exemplo):

“Agora, irmãos, queremos que vocês tomem conhecimento da graça que Deus concedeu às igrejas da Macedônia. No meio da mais severa tribulação, a grande alegria e a extrema pobreza deles transbordaram em rica generosidade. Pois dou testemunho de que eles deram tudo quanto podiam, e até além do que podiam. Por iniciativa própria, eles nos suplicaram insistentemente o privilégio de participar da assistência aos santos. E não somente fizeram o que esperávamos, mas entregaram-se primeiramente a si mesmos ao Senhor e, depois, a nós, pela vontade de Deus.”  (2 Coríntios 8:1-5)

Não deixe de participar desse privilégio que o Senhor nos concede.

____________________________________

Você pode colaborar das seguintes formas:

 

- Depósito ou transferência para as contas
      Caixa Econômica Federal – Ag 0220, Op 003, Conta 048-6

      Sicredi, Ag 2201, Conta Corrente 47670-6
      CNPJ da Igreja – 09.356.452/0001-85

 

- Boleto ou Cartão de Crédito, acessando o nosso aplicativo ou site www.iebjp.com.br/doacoes