PORQUÊ DEUS NÃO RESPONDEU?

PORQUÊ DEUS NÃO RESPONDEU?

Quantas vezes oramos e parece que Deus não nos ouve ou simplesmente não responde.  Temos que entender que Deus não é obrigado a atender às nossas orações do modo que nós queremos. Ele por vezes não responde ou atende porque, como Soberano que Ele é, Ele sabe o que é melhor para nós amanhã. Como um Pai que ama Ele sempre nos dará ou fará o melhor para nós. Às vezes o motivo de Deus não responder pode ser outro. Pr. Bill Hybels, no seu livro “Ocupado Demais Para Deixar de Orar”, apresenta  6 razões porque Deus não responde, as quais ele chama de “destruidores de oração”.

  1. Falta de oração. O motivo mais comum de oração não respondida é a falta de oração. Tiago 4:2 diz: “… Não tendes porque não pedis”. Por vezes temos um problema pelo qual pedimos às pessoas que orem, lemos livros de oração ou de autoajuda, consultamos a caixinha de promessas, fazemos até promessas, mas nós mesmos não oramos. Às vezes só oramos no meio da emergência, para pedir, mas não temos um crédito de um relacionamento íntimo com Deus.
  2. Pecado não confessado. A Bíblia diz em Isaías 59:1-2: “Eis que a mão do Senhor não está encolhida, que não possa salvar, nem seu ouvido surdo, que não possa ouvir, mas as vossas iniquidades fazem divisão entre vós e o vosso Deus, e os vosso pecados encobrem o Seu rosto de vós, para que não vos ouça”. Se você está permitindo que pecados permaneçam em sua vida, não gaste fôlego em oração, a não ser que seja oração de confissão. Receba o perdão de Deus e então você será ouvido quando derramar o coração perante Ele, diz o Pr. Hybels. No livro de Miquéias lemos: “Ele te declarou, ó homem, o que é bom. E o que é que o Senhor pede de ti, senão que pratiques a justiça, e ames a misericórdia, e andes humildemente com o teu Deus”.
  3. Egoísmo. “Pedis e não recebei, porque pedis mal, para gastardes em vossos prazeres” (Tiago 4:3). Muitos dos nossos pedidos são impróprios porque são egoístas, só para satisfazer o nosso ego ou nosso bem estar. Quando Jesus nos ensinou a orar o primeiro pedido daquela oração foi: Venha a nós o Teu Reino, seja feita a Tua vontade.
  4. Indiferença para com os irmãos mais necessitados. Em Pv. 21:13 lemos: “O que  tapa  o  ouvido  ao clamor do pobre também clamará e não será ouvido”. No livro do profeta Isaías há uma dura advertência contra a atitude de indiferença dos que se dizem tementes a Deus (Is. 58:3-9). Vivemos uma realidade no Brasil, hoje a nossa fé é testada de modo muito claro, como diz Tiago: “A fé sem as obras é morta” (Tiago 2:26). A nossa igreja sempre participa de campanhas de doações de roupas e sapatos para crianças e adultos, bem como brinquedos. Não espere sua roupa se rasgar ou desbotar para doar
  5. Conflitos nos relacionamentos. Jesus disse que antes de prestar um culto a Deus precisamos estar em dia com o nosso próximo (Mateus 5:23-24), por isso é que Paulo recomenda que antes da Ceia nós nos examinemos a nós mesmos. O Apóstolo Pedro adverte os maridos que se não tratarem bem as suas esposas as suas orações estarão impedidas (I Pedro 3:7). Deus quer que a igreja seja uma comunidade onde o amor é a característica que mais chama a atenção, pois a igreja é o corpo de Cristo e nEle reside o amor. O perdão é a mais bela atitude do coração ofendido, enquanto que o ódio é uma evidencia do andar nas trevas (I João 4:3).
  6. Falta de fé. Em Hebreus 11:6 é dito que sem fé é impossível agradar a Deus. Todos os crentes afirmam que creem em Deus, por isso são crentes, mas nem sempre estão crendo que Ele ainda atua poderosamente hoje como no passado. Deus vai agir na nossa vida até onde cremos que Ele pode chegar.

Conclusão. Como estão sendo as nossas orações respondidas? Sim, não, espere ou silêncio? Verifique se você não está enquadrado numa das 6 razões acima para Deus não responder. Se há algo a consertar, faça-o logo, pois o maior beneficiado do reparo será você. Deus lhe ajude.

 

No amor de Cristo,

Pr. Tomaz Munguba